Divagando...

Livre e Livro

Dancer_Alexander_Yakovlev_4-450x593

Outro dia estava conversando sobre a vida com minha melhor amiga. E ela perguntou “mas o que você quer ser?”, em um rompante de lucidez a resposta veio na minha mente: “Livre”, respondi, “Quero ser livre”. Degustei a palavra, sem acreditar que finalmente havia encontrado a resposta. Ela estava aqui dentro de mim o tempo todo, dando voltas na minha cabeça e era tão óbvia que eu nunca a encontrei. Mas finalmente, em um dia qualquer, respondendo uma pergunta trivial e essencial ao mesmo tempo, ela clarificou no meu coração. O que mais eu haveria querer de ser, ora bolas? Que estupidez não ter pensado nisso antes.

Dancer_Alexander_Yakovlev_5-450x450

Eu não quero ficar presa ao salário curto mas certo que cai todo mês na minha conta. Não quero ficar presa à casa confortável da minha mãe, com roupa lavada e comida pronta. Não quero ficar presa ao meu guarda-roupa com opções mais que suficientes matematicamente mas que muitas vezes parece vazio aos meus olhos. Não quero ficar presa às facilidades que a vida que sempre tive me dão, ao casulo quente e confortável que eu vivo.

Dancer_Alexander_Yakovlev_1

Não quero ficar presa às amizades, ao medo da saudade, às festas que não quero comparecer e nem às que eu quero. Não quero ficar presa às curtidas no Instagram, às fotos no Facebook, aos status virtuais.

Dancer_Alexander_Yakovlev_6

Não quero gastar minha vida no comodidade entediante que é viver o óbvio, esperado e incentivado. Não quero viver nada que não vai me realizar, me fazer feliz e completa. É claro que situações ruins vão acontecer de qualquer forma, mas eu não quero contribuir pra nenhuma delas. Vou me encarregar de fazer da minha vida uma felicidade só, e deixar apenas para o destino – sem minha ajuda – trazer as dificuldades e eventuais tristezas.

Dancer_Alexander_Yakovlev_11-450x450

Não posso ficar aqui parada, ainda que seja na sombra e água fresca. Não posso mais submeter minha alma a ouvir impropérios e regras que ela não quer cumprir. E no caso de não haver alma nenhuma e tivermos apenas uma chance de viver neste corpo e mundo, não quero submeter meu ser a uma experiência que seja menos que maravilhosa. De todas as regras, gosto mesmo é das minhas, me apego aos meus sonhos e não os largo porque eles me dão razão para viver. Tenho medo de me expor ao ridículo, de pagar mico, de ser vaiada, de jogarem tomates em mim, claro que tenho. Mas tenho mais medo ainda de chegar ao fim da vida e ver que não há mais tempo para finalmente saciar a minha vontade de ser feliz.

Dancer_Alexander_Yakovlev_9-450x593

 

Fotos: Alexander Yakovlev

2 comentários em “Livre e Livro

    1. Caraleo! Tirou meu fôlego!!! Merece publicidade, compartilhamento, oportunidade para as pessoas conhecerem seu talento… Vou compartilhar! E isso não tem nada a ver com amizada, tem a ver apenas com a minha vontade de espalhar coisas boas para o mundo. Parabéns! Lindo!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s