Poesia

LA MADAME GABI MORO, ENCHANTÉ

 

b6a55cf7e2dd0cd8b65497c09aa1b966

Gabi Moro.

Eu quase

morro!

Gabi Morro

Eu quase

moro.

Gabi, moro

 no 7 º andar,

pode chegar.

Gabi, mara

Que marra!

Gabi mira

No meu peito

E atira!

Gabi morosa

Pra comer

Essa guioza

Gabi mirrada,

Dieta de

Fachada

Gabi mimada!

É verdade.

E a verdade dura não rima mesmo.

Gabi Moro morre

Se não dorme

Com cachorro

Gabi Moro

Xande pede

Namoro

Gabilyn Monroe

Gabi Moro voyageur

Gabi Moro bon vivant

Gabi Moro bon restaurant

Gabi modas

Gabi Grifes

Gabi mon Bijoux

Gabi Moro avocat

Gabi Madame Juge

Iura novit Gabi Morus

 

Poesia que meus amigos Gabriel Amorim e Laira Garcia me presentearam no meu aniversário. Amei, obrigada ❤

RubeusHagrid_WB_F3_HagroiTeachingALessonInTheForset_Still_080615_Land

Um comentário em “LA MADAME GABI MORO, ENCHANTÉ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s