#ShutUpAndTakeMyMoney · filme · listas · Livros Sensacionais

10 Razões para ler Millennium

Eu tento convencer todas as pessoas com quem converso sobre leitura a conhecerem Millenium. Eu fico “MAS COMO NÃO LEU, SAIA CORRENDO PRA COMPRAR, #PELAMOR#”.

Resolvi facilitar pra mim  e pra vocês e vim convencer o mundo lusófono (ou seja, os que podem ler este post ^^).

***** CONTÉM SPOILER *****

 

1. Lisbeth Salander

Mulher, protagonista, super inteligente, memória fotográfica, esperta, peculiar, ás da informática e da matemática, incompreendida, estilosa, misteriosa, investigadora diferenciada, inadaptada às convenções sociais, nórdica (não é chique?), generosa, feminista (sim!) e uma verdadeira sobrevivente.

c42594bf2f545590b42dcea33593608c
Traz o Oscar!

2. Os temas que o livro aborda

Racismo, corrupção, influências, violência, violência contra as mulheres, política, interesses escusos, etc. Enfim, treta pura e bem fidedigno à realidade…infelizmente.

3. Nils Bjurman, Dr. Peter Teleborian e Alexander Zalachenko

Filhos da puta da pior espécie, inspiram instintos homicidas em que lê. No livro, eles recebem o que merecem. Tem coisa mais maravilhosa que a derrocada espetacular de um bossal? E de três? (:

cena
cena que amamos: Bjurman ameaçado

4. Ronald Niedermann

Um anti-herói interessante. Grande, forte e portador de analgesia congênita (uma doença que faz com que a pessoa não sinta dor). Obviamente eu não queria ter uma amigo como Niedermann, mas ele foi um personagem muito bem pensado e interessante, ainda que pelo lado negro da força. Foge de clichês e mesmices.

5. Holger Palmgren

Ex-tutor de Salander. Faz-no lembrar que existem pessoas de caráter e dispostas a dar seu melhor. Ele se recupera de um derrame (eu acho que foi um derrame) e acaba se tornando um personagem muito relevante no final da trilogia, atuando com testemunha de defesa em um julgamento contra Salander.

6. Versão nórdica dos filmes!

SIIM. A trilogia de livros deu vida a três filmes europeus maravilhosos e fieis aos livros (em minha opinião).

 

7. Daniel Craig na versão norte-americana

Achei a escolha certeira. O 007 como Blomkvist? Merecemos!

Daniel-Craig-Mikael-Blomkvist

8. Erika Berger

Eu pensei em não colocá-la nesta lista, mas mudei de ideia. Profissional reconhecida, editora-chefe de uma revista bafônica, rica e poderosa. Acho que tá bom, né? A verdade é o que livro está cheio de mulheres fortes, poderosas e cheias de personalidade. Tem com não amar?

9. Stieg Larsson ( o Autor!)

stieg-larsson-03-jpg

Ainda não tive a chance de ler uma biografia completa do cara, mas pela obra e pela descrição da orelha do livro, fiquei com uma boa impressão. Confesso que eu irei com a cara na poeira se futuramente descobrir que ele foi um babaca na vida… porque pra escrever uma obra-prima como Millennium, com tantos personagens admiráveis….não é possível que seja um macho que passava vergonha.

A tímida biografia que consta na Wikipedia narra: “Stieg Larsson foi um dos mais influentes jornalistas e ativistas políticos suecos. Trabalhou na destacada agência de notícias TT. À frente da revista Expo, fundada por ele, denunciou organizações neofascistas e racistas. É co-autor de Extremhögern, livro sobre a extrema direita em seu país. Por causa de sua atuação na luta pelos direitos humanos, recebeu várias ameaças de morte. Morreu em 9 de novembro de 2004, aos 50 anos, vítima de um ataque cardíaco. Segundo apurado, o infarte deu-se após Larsson subir sete lances de escada até ao seu escritório na sede da revista Expo, já que o elevador havia quebrado. Houve rumores de que sua morte foi induzida (tendo em vista as várias ameaças de extremistas contra a revista e o próprio Larsson), porém tal hipótese logo foi descartada.”

Uma pena que ele não tenha sobrevivido pra assistir o sucesso de sua obra, né?

10. A treta que tá rolando entre os herdeiros do autor

Por fim, ainda tem uma treta literária sobre o caso.

A companheira de Larsson não era casada no papel com ele, daí que não herdou nada do autor. Pra piorar, ela manifestou ser contra a continuação da trilogia por outra pessoa.

Mais detalhes: Época e entrevista da viúva Eva Gabrielsson que fala sobre seu descontentamento com os rumos da trilogia.

Enfim, para alegria dos fãs (ou não?), a trilogia já tem continuação (mas ainda não li), o quarto volume já saiu e o quinto volume está previsto para este ano.

 

E então, ficaram convencidos?

XOXO,

Gabriela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s